Pesquisas internacionais mostram que pequenas empresas gastam aproximadamente 3 vezes mais em captação de clientes em mídias sociais do que as médias e grandes empresas.

Não tenho dados nacionais, no entanto, empreendedores inteligentes estão fazendo um belo trabalho de marketing através das mídias sociais e, melhor, faturando alto.

Uma pesquisa internacional feita em dezembro de 2009 (gráfico abaixo) identificou os principais motivos para o internauta freqüentar sites de empresas. Os dois maiores motivos são:

- saber sobre vendas, preços, condições e promoções;
- aprender sobre novos produtos / características e funções / serviços;

Foram destacados dois tipos de usuários:

- usuários altamente conectados (são aqueles que têm mais de 500 conexões sociais; eles exemplificam o novo consumidor e têm potencial para espalharem experiências positivas ou negativas que tiveram com os produtos/serviços de uma determinada empresa);

- usuários diários.


Observe que no caso dos usuários altamente conectados, a principal consulta envolve a descoberta de novos produtos, características/ funções e serviços (61%). Essa consulta é bem maior que a procura por preços e descontos (46%).

A conclusão é que os usuários altamente conectados representam uma excelente oportunidade para as pequenas empresas, já que eles se importam menos com preços e são mais predispostos a monitorar empresas, comunicar e comentar sobre suas preferências.


Como encorajar os clientes a falarem de você e de seus produtos?

1. Crie conteúdo relevante e deixe botões bem visíveis para que ele compartilhe com seus contatos:


- Convide pessoas de empresas complementares aos seus produtos (por exemplo, se você é uma empresa de móveis, convide decoradores) ou até de fora do seu segmento de negócios para escrever sobre assuntos que possam ser úteis ao seu público.

- Às vezes, um contador ou um advogado visualiza seus produtos de um novo ponto de vista que não o seu, o que pode até funcionar como um serviço para seu público, dando dicas de como consumir melhor e fazer seu dinheiro render, por exemplo.


2. Dê chance de seus clientes potenciais usarem seu produto de alguma forma: uma amostra grátis ou um Trial (período gratuito);

3. Premie com descontos ou amostras grátis para quem fizer um comentário sobre sua experiência com o produto;

4. Crie concursos para clientes enviarem fotos ou vídeos utilizando seus produtos, e faça um mural virtual no seu blog e em suas comunidades (Flickr e Picasa de fotos; e Orkut, Facebook, etc)

5. Utilize o Twitter. Veja “
10 maneiras de maximizar sua presença no Twitter: uma ferramenta de marketing mais que essencial para o empreendedor”;


Camisetaria

Alguns tipos de negócios ainda levam mais vantagens em termos de aproveitamento social na internet.

Jordana Viotto, na revista Negócios na Internet, n° 26 (edição especial da Meu Próprio Negócio), trás o exemplo da Camisetaria (
http://www.camiseteria.com/): “A empresa permite que as pessoas se inscrevam no site e mandem suas estampas. Para aproveitar essa interação, a empresa transformou seu endereço eletrônico em uma comunidade virtual, como as do Orkut”.

O site permite que as pessoas troquem mensagens entre si. A empresa também estendeu sua atuação ao Twitter e, segundo a revista, seu perfil conta com mais de 9 mil seguidores.

Conclusão: As mídias sociais aceleram a presença de uma empresa e sua marca diante do consumidor, já que as recomendações de terceiros, dicas e os comentários de terceiros (principalmente se forem de pessoas conhecidas) geram vendas e a construção de credibilidade.

3 comentários:

Candice Vitale disse...

Olá Álvaro,

Gostei muito do artigo e acredito que nos próximos meses veremos um crescimento no uso das redes sociais pelas empresas no país.

Aproveito para agradecer sua visita no nosso blog!

Um abraço

Candice Vitale
www.heat.com.br

Alvaro Nassaralla disse...

Olá Candice,

Obrigado pelo coment e vou deixar a dica de outro artigo seu chamado "5 sites para medir resultados no Twitter":

http://www.heat.com.br/redes-sociais/5-sites-para-medir-resultados-no-twitter/

Diego Oliveira disse...

Olá Álvaro,
Acredito muito no potencial das redes sociais. No caso de sua utilização para empresas. Nós brasileiros temos muito a amadurecer ainda. Chegaremos lá, com certeza!
Forte abraço

top